Agricultura

Sistema de colheita axial é uma das tecnologias mais eficientes para os agricultores brasileiros

Com a preocupação constante com rendimento e produtividade, o produtor procura meios de maximizar a sua performance na agricultura. Entre os variados aspectos que fazem o Brasil se destacar em alguns cultivos está a mecanização agrícola e a tecnologia agregada em suas máquinas.

Atualmente, a estimativa de área plantada no país teve um aumento. O Brasil segue crescendo no cultivo, aumentando a sua produção e precisando cada vez mais de máquinas potentes para exercer o seu trabalho com a melhor performance possível. E entre todas as tecnologias existentes, o sistema de colheita axial é que mais ganhou destaque entre os agricultores, mais de 70% das colheitadeiras vendidas no país são de rotor. Nos últimos cinco anos (2011 – 2015) esse número está em volta de 65%, demostrando que há um aumento na procura por esse tipo de máquina.

Na cidade de Formosa, em Goiás, o produtor Darci Martarelo que cultiva soja, milho, alho e cebola pode observar um crescimento e expansão do seu negócio com o uso de uma Axial-Flow Série 130 da Case IH. Para Darci, é de extrema importância ter equipamento de alta tecnologia.

A Case IH em 1977 mudou completamente a agricultura mundial com a criação do sistema de separação de grãos de fluxo axial com um único rotor. E esse método passou a entregar grãos com maior qualidade, aumentando a capacidade de colheita e surpreendendo os agricultores da época.