Agricultura

A história da Faé Terraplanagem

O setor agrícola está em constante crescimento na área rural da cidade de Rio Bananal, no Norte do Espírito Santo. E por causa deste crescimento, máquinas cada vez mais superiores são buscadas. Com isso em mente, acabou nascendo como uma locadora de equipamentos pesados da região, a Faé Terraplanagem.

A empresa criada pelo agricultor João Batista Faé, surgiu em 2012, e junto de seus filhos Cristiano Gean Faé e Eduardo Faé, cuidam das cinco propriedades dedicadas à plantação de café, coco, pimenta do reino e criação de gado.

A família teve a ideia de alugar seus equipamentos quando foi comprado um trator de pneus que seria usado apenas nas suas terras, mas acabaram emprestando o veículo para amigos e vizinhos e tornou-se um sucesso. Após a compra do trator, foi adquirido um trator de esteiras R140LC-9S, que já era bastante usado nas plantações de café da região.

Atualmente, a Faé Terraplanagem conta com 10 máquinas, sendo quatro tratores e seis escavadeiras BMC-Hyundai da série de 14 toneladas, e operam aproximadamente 100 horas ao mês. O modelo R140LC-9S se tornou a máquina mais utilizada, por ser mais do que um simples auxiliador no replantio do café, ajudando também a abrir poços, estradas, represas e destoque de matos e limpeza de terrenos.

João Faé explica que o tempo de uso de seus equipamentos difere de propriedade para propriedade, tendo uma média de 50 horas de trabalho em cada fazenda de pequeno porte. Essas propriedades geralmente possuem de 5 a 10 alqueires e multiplicando isso pela quantidade de 40 mil fazendas, podemos observar que existe muito potencial para seu mercado apenas em Rio Bananal.

Mesmo com o país passando por um problema econômico atualmente, João Batista Faé considera aumentar a sua frota, já que segundo ele, sua cidade é próspera no ponto de vista agrícola, sempre tendo bastante trabalho relacionado com as suas máquinas.